Publicado em

SUP Norte Shop & School – Distribuição e venda de material de SUP, Surf, Foil e Wing

Criada em 2013, a SUP Norte rapidamente se assumiu como a referência para o Stand Up Paddle em Portugal, quer pela qualidade dos seus produtos, que incluem as maiores e mais inovadoras marcas, das quais é distribuidora em Portugal – SIC Maui, Infinity SUP, Surf e Foil, Black Project SUP, Axis Foil I Love SUP –, aconselhamento na escolha do material mais adequado para cada pessoa, serviços (que inclui entregas gratuitas de material em todo o país, ilhas incluídas, com excepção de material em promoção) e iniciação ao SUP e aperfeiçoamento. Com o desenvolvimento da SUP Norte,  a empresa passou a dedicar-se também à venda de distribuição de pranchas de surf (quer para escolas, lojas e público) e de material de foil e a partir de agora também wing, com o WASP da Ozone, considerado o melhor wing da atualidade.

(Caio Vaz, bicampeão mundial de SUP Wave e team rider SIC Maui, e Nuno Sousa, dono da SUP Norte)

Com uma experiência de mais de 20 anos em desportos de água e de ondas, a nossa missão é simples: espalhar o entusiasmo que o SUP e mostrar que o SUP é o desporto ideal para ser praticado por todas as idades e em todos os lugares, desde o mar, rios, lagos e até piscinas. O nosso trabalho foi já reconhecido por algumas das mais importantes publicações de SUP, como o Standup Journal, a SUP Mag alemã, a SUP the Mag, a Total SUP, a SUP International Magazine, a SUPBoarder Magazine, a SUP World International, para além de vários órgãos de comunicação social nacionais. Além disso, recebemos e realizamos já workshops com alguns dos melhores atletas internacionais, como Caio Vaz (bicampeão mundial de SUP Wave) e Sean Poynter (campeão mundial de SUP Wave ISA 2013 e 2015 e campeão mundial APP World Tour 2018).

O nosso team é constituído por alguns dos melhores atletas nacionais e conquistámos já dez títulos nacionais desde a existência do circuito nacional de SUP Race (desde 2014): Filipe Meira (o mais galardoado atleta nacional, que conta já com nove títulos de campeão nacional no currículo, tendo ganho já três desde que integra a SUP Norte: campeão nacional de Maratona Mar Aberto, campeão nacional de Maratona Águas Paradas e campeão nacional de Sprint) e uma da Taça de Portugal de SUP Race), José Cirilo (campeão nacional de SUP Race Longa Distância, Sprint e Técnico em 2014 e campeão nacional de SUP Race Maratona 14’0 em 2017 e primeiro português a participar nos Pacific Paddle Games, a mais importante prova de SUP no mundo), Tiago Campos (verdadeiro Kai Lenny do Norte, pioneiro no foil (e vencedor do primeiro campeonato nacional de SUP foil em Espanha, apesar de ser português), aficionado no downwind (tendo já ganho o Nelo Summer Challenge) e atleta de topo no circuito nacional de SUP Race Técnico e Maratona); e Nuno Sousa (fundador da SUP Norte, responsável pelo Onda Pura SUP Center, um dos mais versáteis atletas de SUP nacional, tanto de SUP Wave, como de Race, Downwind e agora Foil e treinador de SUP).

Em parceria com a Onda Pura, uma das mais antigas e importantes escolas de surf do país, desenvolvemos o Onda Pura SUP Center by SUP Norte. Com sede na Praia de Matosinhos (a praia com melhores condições para SUP em Portugal), o SUP center dispõe de vários treinadores certificados e instalações modernas. Os nossos serviços incluem aulas para todos os níveis em Matosinhos (flatwater e ondas), passeios de SUP no Douro e seus afluentes (Paiva, Inha, Arda, Sousa e Tâmega), cursos de downwind, treino de atletas (tanto de Race como de SUP surf) e iniciação ao foil.

Para além disso, organizamos anualmente provas dos Circuitos Nacionais de SUP Race e SUP Wave, inseridas no Porto&Matosinhos Wave Series.

Para mais informações, esclarecimento de dúvidas ou  contacte-nos em info@supnorte.com ou 917368429.

Publicado em

Ozone WASP já disponível para encomenda em SUP Norte

Depois das melhores pranchas, das melhores pagaias, dos melhores fins e dos melhores foils, chegou agora a vez dos melhores wings, com o WASP da Ozone.

A WASP (Wing Assisted Surf / Snow / Skate Propulsion) é uma asa que se move com facilidade sobre a água, terra ou neve. Fornece uma força fácil de usar para tudo o que rola, desliza ou plana. Pode ser usada com um skate, ski, snowboard, SUP, kite, windsurf ou prancha de foil. Simples, rápida e uma enorme diversão!

A WASP é a wing de eleição de atletas como Kai Lenny e Annie Reickert e estão disponíveis em quatro tamanhos: 3, 4, 5 e 6 metros.

Reserve já a sua WASP até 1 de dezembro para entrega antes do fim do ano.

Kai Lenny

O objetivo da Ozone foi tornar o WASP fácil de voar e de manobrar. O Leading Edge em tamanho grande aumenta a estabilidade e reduz a flexibilidade e permite também aumentar a potência a baixas velocidades para permitir ao praticante começar a deslocar-se mais cedo. O strut grande permite um ângulo direto de ataque, com uma flexibilidade mínima e oferecendo uma grande sensação de controlo.

Annie Reickert

O coeficiente é baixo de modo a ter uma asa com Grunt e para impedir as pontas de apanhar água. As pontas do wing têm uma de proteção para raspadelas para poder andar na neve ou em terra, mas recomendamos que evite o wing raspar no chão.

Colocamos várias power handles no Leading Edge e no Strut para o máximo de opções e para fornecer o máximo de controlo e conforto. A De-Power Handle na frente do Leading Edge permite retirar completamente a potência da asa para um controlo total ao surfar ou ao manobrar nos bumps em downwind e também ao transportar a asa.

Na água, a WASP foi desenvolvida com pranchas de SUP, Windsurf e Foil. A simplicidade do wing permite que possa ser usada com qualquer prancha desde que tenha o volume suficiente para suportar o seu peso na água. Em condições de vento forte e com nível elevado pode ser possível o seu uso com pranchas de foil de baixo volume.

Em terra ou na neve basta um pouco de vento para desfrutar de uma sensação completamente distinta de propulsão.

Os WASP 5 metros e 6 metros foram desenvolvidos especialmente para vento fraco e/ou praticantes pesados. O Leading Edge de tamanho grande aumenta a estabilidade e reduz a flexibilidade, ajudando também a desenvolver potência a baixas velocidades para o ajudar a andar mais cedo. A rigidez do Leading Edge e do Stru de grande volume tornam a wing bastante eficiente com vento fraco.

A equipa de teste e de design da Ozone divertiu-se imenso com as condições de vento fraco durante a fase final de testes dos protótipos de 5 e 6 metros. Andar de foil com 5-10 nós com uma asa dianteira grande é a forma perfeita para passear enquanto se aprende tack e gybes, sendo que uma brisa suave permite uma curva de aprendizagem rápida.

As WASP  5m e 6m são as ideais para praticantes de 90 quilos ou mais em condições de 10-20 nós com foils.  A wing de 5 metros é grande o suficiente para a maioria de praticantes à procura de uma asa grande. Se tem menos de 90 quilos e está à procura de uma asa divertida para vento fraco, a 5 metros é a ideal.

A wing de 6 metros tem mais asa com que o praticante tem de se preocupar, sendo que devido às suas dimensões as pontas do wing estão mais perto da superfície e precisam de mais atenção para não apanhar água ou raspar no chão. Tem capacidades fantásticas para andar com a mais suave brisa, no entanto se tiver 90 quilos ou mais e andar maioritariamente com 15 ou mais nós a wing de 5 metros é uma melhor opção.

No entanto, tudo depende da capacidade técnica do praticante e do set-up de foil que estiver a usar (tamanho de asa dianteira, traseira, mastro, fuselagem, etc).

Wasp-V1-Info-V2.indd

A WASP 3m é uma wing compacta para ventos fortes ou praticantes leves. É também ideal para praticantes de nível mais avançado que já sabem andar bem de foil.

Construção de qualidade excecional

Construção topo de gama na fábrica da Ozone, usando os materiais de mais elevada qualidade e com um controlo de qualidade manual a cada passo.

Desenhada com OZ-Cad

O FUTURO É AGORA – todos os kites e wings da Ozone são desenhadas e desenvolvidas usando o altamente sofisticado software CAD personalizado da Ozone. Os designers da Ozone conseguem trabalhar com funcionalidades criadas especificamente para as formas e estruturas únicas dos kites e wings. Parte equipa de design da Ozone é dedicada ao upgrade do código CAD e à adição de novos módulos e funcionalidades ao programa à medida que o desenvolvimento dos produtos continua.

Teijin Technoforce D2 & Teijin Dacron

Teijin é o maior fornecedor do mundo de tecidos de polyester e de materiais de vela para desportos marítimos. A Ozone usa em todos os seus kites e wings o ultradurável Teijin D2 material canopy. Teijin D2 é o padrão de referência em termos de qualidade com comprovada superioridade em durabilidade e dinâmica. A Ozone usa em todos os seus kites e wings o resistente e seguro Teijin Dacron- Dacron, que é usado em partes que necessitem de rigidez e estabilidade – a Leading Edge, Struts, Wingtips e todas as áreas com reforços extra para otimizar a distribuição da carga e a durabilidade.

Power Handles múltiplas

Foram colocadas múltiplas Power Handles no Leading Edge e Strut para aumentar o leque de opções, fornecendo o máximo de controlo e conforto durante o seu uso.

De-Power Handle

A De-Power Handle na frente do Leading Edge consegue retirar completamente a potência do wing ao surfar uma onda, um bump em downwind ou durante o transporte do wing.

Direct Connect Strut

O método de construção Direct Connect da Ozone otimiza a distribuição de carga entre o Leading Edge, Strut e Canopy. Este método de construção assegura perfis perfeitos quando o canopy está em tensão. O Strut é conetado diretamente ao Leading Edge com reforços internos e externos.

Leash de Pulso

O confortável leash de pulso liga o praticante ao Leading Edge da wing. Caso não consiga controlar a potência ou perca o controlo, basta largar a wing e ela vai usar a linha do leash para fazer o de-power.

Reforços internos

O que está no interior também conta – reforços internos para aumentar a durabilidade; tal como costuras de dupla camada de Dacron + Insingnia no Leading Edge com fibras multi-resistentes.

Costuras duplas com selagens dobradas

As costuras da vela são costuradas, dobradas e depois costuradas novamente para uma conexão perfeita e resistente dos painéis.

Trailing Edge reforçado

Faixa com uma camada dupla de Teijin D2 Trailing Edge com reforços internos em Dyneema – isto reduz o gasto da Canopy e ajuda a manter a tensão otimizada do Trailing Edge. A linha em Dyneema também reduz qualquer potencial elasticidade do Trailing Edge.

Scuff Pads aerodinâmicas de baixo perfil.

Os para-choques das Leading Edge são muitas vezes itens demasiado grandes ou desnecessários. Na Ozone os kites e wings são construídos tendo em mente a performance e a durabilidade usando os melhores materiais e componentes. Em todas as áreas que precisam de proteção contra raspadelas, a Ozone usa um material leve e durável com grande resistência a abrasões, mantendo ao mesmo tempo um perfil baixo para reduzir o atrito.

Construção única da bladder

As bladders da Ozone são construídas na sua própria fábrica com máquinas de soldadura avançadas. São aplicadas secções com camadas duplas em zonas de potencial desgaste.

Sistema de inflação One Pump

O sistema de inflação One Pump permite uma montagem fácil e rápida com um ponto único de inflação da wing.

Válvula de inflação/deflação de alto volume

Uma válvula de alto volume permite uma inflação e deflação rápida e fácil. Dar à bomba não custa nada graças à capacidade de entrada de ar em grande escala, com selagens internas que impedem o ar de sair sob pressão. Basta desapertar a válvula para o ar sair e arrumar a asa com facilidade.

Saco WASP

Leve com imenso espaço, bolso interior e fita exterior para prender a bomba

Publicado em

Gama SIC Maui 2020 já disponível para encomenda

A gama completa da SIC Maui para 2020 já se encontra disponível para encomendas. Garanta já a sua nova prancha o mais cedo possível. Temos já alguns modelos prontos para entrega.

Para 2020, a SIC introduz várias alterações, quer em termos de shapes, modelos e construção. A RS, vencedora do Prémio de Melhor Prancha de Race de 2018 e 2019 da SUPconnect e que ganhou três títulos nacionais em Portugal em 2019,, tem ligeiras alterações no shape (para a tornar ainda mais rápida, especialmente em flatwater) e um upgrade na construção, com a nova Super Fly Construction, ainda mais resistente do que a anterior Single Carbon Composite.

Nas pranchas de downwind, a Bayonet mantém o mesmo shape, mas tem um novo modelo unlimited (17’1 x 28″) e uma nova construção também. A mítica Bullet, a mais vencedora prancha de downwind de sempre, galardoada com vários prémios e verdadeiro bestseller da SIC pela sua versatilidade, tem um novo shape, incorporando alguns dos aspectos da RS e da Bayonet.

A Okeanos, modelo revelação de 2019, vencedora do Prémio da SUPconnect para Melhor Prancha do Ano (Overall) e Melhor Prancha de Touring do Ano, mantém o mesmo shape, mas vem agora com a nova construção Dragon Fly, ainda mais durável e a um preço bastante atrativo.

Nas outras gamas de pranchas rígidas (Sonic, Slice, Slice Pro, Saber e TAO) mantêm-se os mesmos shapes e construção. De referir apenas que a gama TAO, para além da construção em Ace-Tech, tem agora também uma nova construção em Tough-Tec, ainda mais económica (a começar nos 649 euros) e resistente, vocacionada principalmente para iniciantes e escolas.

Na gama Air-Glide de pranchas insufláveis, a SIC introduz várias alterações, a começar pela nova gama Okeanos, que pretende replicar o sucesso da sua congénere rígida, tendo esta nova insuflável já ganho o Prémio de Melhor Prancha de SUP da Paddling Magazine.

Na gama RS, a SIC introduz a nova construção Carbon Fusion Lite, continuando a utilizar o melhor Drop-Stitch e tecnologia Fusion Skin, com um stringer em carbono no deck e bottom para aumentar ainda mais a rigidez. Na gama Bullet, a SIC acrescenta à sua Fusion Skin Technology uma dupla câmara de ar para aumentar a segurança nos downwinds e travessias.

A gama TAO Air-Glide tem também diversas alterações, como novos modelos (TAO Surf 10’6, TAO Wind 10’6, TAO Tour 11’0 e TAO Tour 12’6), com preços bastante atrativos, a começar nos 649 euros, em packs completos com prancha, pagaia e leash. Outra novidade também direcionada a escolas é a nova BIG SUP Mothership 17’0 x 59“, para grupos grandes.

Mas uma das grandes novidades de 2020, é a introdução de uma gama de pranchas de Foil. Mark Raaphorst, fundador e shaper da SIC Maui, é desde há muito um grande aficionado do foil e tem desenvolvido em Maui uma gama de pranchas de foil, cujo resultado a SIC apresenta agora: Manta 6’0 x 28.5″ (104 litros), Mako 6’5 x 27″ (114 litros) e Marlin Convertable 7’8 x 29.5″ (127 litros), esta último convertível além de Foil, também para SUP Surf, Windsurf foil, Wingfoil e todas as outras vertentes. As pranchas de Foil vêm na construção Super Fly 2 em Full-Sandwich PVC com uma camada exterior de carbono e kevlar, para uma ultra-resistência, rigidez e durabilidade, mantendo um baixo peso.

Depois de em 2019 ter introduzido duas novas gamas de surf (a Darkhorse, de pranchas soft-tops híbridas, e a Surf Series, de pranchas duráveis de surf e longboard), a SIC introduz novas gamas em 2020 (Pistol Whip, Pick Pocket, Swindler e Smugler) pela mão do mítico shaper californiano Jon Henderson, com a nova construção Star Light: full-sandwich PVC a envolver um EPS core leve e envolta em Flex Glass, prometendo uma construção de topo: leve, flexível e resistente.

Para além disso, a SIC apresenta a nova gama Drifter, de pranchas económicas (a começar nos 309 euros) e ultra-resistentes,com as míticas construções Ace-Tec e Tough-Tec, a pensar nos surfistas de todos os níveis e em escolas de surf.

Consulte o catálogo da SIC para 2020 em http://bit.ly/catalogoSICmaui2020

Para mais informações sobre os modelos, preços e entregas, contacte-nos: 917368428

Publicado em

Campeonato Nacional de SUP Race Técnico e SUP Wave

A Praia Internacional do Porto e a Praia de Matosinhos recebem o Campeonato Nacional de SUP Race (sábado, dia 4 de Maio) e o Campeonato Nacional de SUP Wave, em mais um evento do Porto & Matosinhos Wave Series.

O Campeonato Nacional de Race Técnico contará com os melhores atletas nacionais de SUP Race nas classes Open Masculino, Feminino, sub-18, sub-15, sub-12 e Fun Race (aberto a praticantes amadores).

A prova de Race Técnico consistirá num circuito em formato beach race, com os atletas a começarem a prova na areia, passando a rebentação e rondando bóias colocadas em diversas zonas ao longo da praia, permitindo um grande espectáculo ao muito público que marca anualmente presença neste evento.

No domingo, dia 5 de maio, os melhores atletas de SUP Wave de Portugal lutarão pelo título nacional nas ondas da Praia Internacional do Porto, consideradas ideais para esta modalidade. Caso não haja ondas, a prova mudará para a Praia de Leça de Palmeira.


O “Porto & Matosinhos Wave Series 2019” é organizado pela Onda Pura – Produção de Eventos com a colaboração das Câmaras Municipais de Porto e Matosinhos e com o apoio da Federação Portuguesa de Surf, da Associação Nacional de Surfistas, da Associação Onda do Norte e da Entidade Regional de Turismo Porto e Norte.

As inscrições para federados (SUP Race e SUP Wave) estão já abertas no site da Federação Portuguesa de Surf em www.surfingportugal.com/inscricoes-online/

As inscrições estão também abertas a atletas NÃO FEDERADOS na prova de SUP Race Técnico e Fun Race (não contando para efeitos de ranking e prize-money) caso estejam inscritos na FPS como atletas praticantes ou tenham seguro desportivo. As inscrições são feitas no local da prova durante o check-in.

Valores da inscrição:

SUP Wave: 20 euros

Race Técnico (adultos): 25 euros

Race Técnico (juniores): 20 euros

SUP Wave + Race Técnico: 35 euros

Para mais informações e inscrições contacte info@ondapura.com ou 917368429 (Nuno Sousa)

Publicado em

Porto e Matosinhos recebem o Campeonato Nacional de SUP Wave e de Race Técnico em maio

Great SUP show in Porto & Matosinhos for the Portuguese SUP Tour (SUP Wave and Technical Race) from SUP Norte on Vimeo.

A Praia de Matosinhos e a Praia Internacional do Porto serão a capital do Stand Up Paddle em Portugal em maio, com o Campeonato Nacional de SUP Race Técnico (4 de maio) e o Campeonato Nacional de SUP Wave (5 de maio), em mais um Porto & Matosinhos Wave Series, organizado pela Onda Pura.

De salientar que serão atribuídos os títulos de Campeão Nacional de SUP Wave e Race Técnico, que contará com as categorias Open, Feminino, sub-18, sub-15 e sub-12.

Com propostas que vão desde o surf ao longboard, surf adaptado e Stand Up Paddle, o Porto & Matosinhos Wave Series é já hoje reconhecido como o principal cartaz anual de eventos de surf a nível nacional.

A edição do ano passado juntou perto de 500 atletas em competição e cerca de 30 mil espectadores no conjunto das várias iniciativas realizadas entre as praias do Porto e de Matosinhos.

Em 2019, o cartaz do Porto & Matosinhos Wave Series volta a promover um conjunto de provas que se inserem nos principais campeonatos nacionais e regionais, além de várias outras atividades paralelas de promoção da modalidade, como batismos de surf a crianças carenciadas, aulas de surf adaptado, workshops, ações de sensibilização ambiental e limpeza de praias.

Publicado em

Axis Foils disponíveis em Portugal na SUP Norte

Desenvolvidos por Adrian Roper e toda a equipa da Axis em Maui e na Nova Zelândia (e testados até nas condições extremas da Nazaré), os foils da Axis são os mais robustos, mais rígidos, mais modulares e com melhor performance da actualidade.

A engenharia nestes foils, a rigidez e durabilidade em cada ponto de conexão e a solidez do seu design ultrapassa qualquer outro foil para surf/SUP/pump ou wake.

Adrian analisou todos os requisites e exigências do foil para SUP e surf e identificou que a fraqueza de grande parte dos designs disponíveis era a flexibilidade das conexões entre a prancha e o foil, das asas para a fuselagem e da fuselagem para o mastro. As conexões entre os mastros, asas, fuselagem e prancha são os mais rígidos, seguros e duráveis da actualidade.

Os foils da Axis são completamente modulares: as asas dianteiras, traseiras e todos os outros componentes podem ser trocados, permitindo alterar o tamanho do mastro, das asas e das fuselagens para o seu estilo, nível ou mediante as condições, sendo que há 5 tamanhos disponíveis (102, 92, 90, 82, 75 e 68 cm). As asas são em carbono de alto módulo sob pawlonia shapeada por CNC com inserts em ABS para isolar o carbono da fuselagem em alumínio.

Os mastros em alumínio da Axis têm 1,9 cm de grossura e são extremamente rígidos – na verdade são 224% mais rígidos que a maioria de mastros de 1,5 cm que estão disponíveis no mercado – o que é fundamental para a prática de foil. Os mastros da Axis são resistentes e ideais para todas as condições. Foram desenvolvidos para dar aos praticantes de surf e SUP uma sensação mais directa com o foil.

Com a distribuição da Axis Foils em Portugal, a SUP Norte reafirma-se como a N.º 1 em SUP em Portugal, contando já com a distribuição no nosso país de marcas de topo como a SIC Maui, a Infinity Sup e Surf e a Black Project SUP, bem como espera contribuir decisivamente para o desenvolvimento de todas as disciplinas de foil em Portugal.

Publicado em

Gama SIC Maui 2019 disponível para encomenda

A gama completa da SIC Maui, vencedora do Prémio SUPConnect para Melhor Marca do Ano, para 2019 já se encontra disponível para encomendas. Garanta já a sua nova prancha o mais cedo possível. O prazo para pré-encomendas é dia 29 de Outubro.

Para 2019, a SIC mantém as suas gamas míticas sem alterações, como a série Bullet e F, introduzindo novos tamanhos na séries Bayonet e RS (vencedora do Prémio SUPConnect para Melhor Prancha de Race do Ano), que tanto sucesso fizeram em 2018, tanto em Portugal como em todo o mundo. Devido a esse sucesso, este ano a SIC introduziu a nova série Okeanos, baseada no ADN da RS, mas mais virada para uma vertente touring e exploração. Ainda na vertente touring, outro destaque é a série Sonic, virada para touring e race a um preço bastante económico.

Para ondas, o grande destaque é a série Slice e Slice Pro, com tamanhos entre os 6’10 e os 10’0 na construção Glass Carbon Composite e a um preço bastante convidativo para pranchas com esta qualidade de construção.

Na gama All-Round, a série Saber e Sage alia grande versatilidade a performance. Ainda no All-Round, a série TAO também tem novos modelos e uma redução de preço que a vai tornar ainda mais atractiva.

Na série Air-Glide de pranchas insufláveis de grande qualidade, a aposta vai para introdução dos novos modelos RS, baseadas nas suas congéneres rígidas, e na nova TAO Fit Air-Glide, uma prancha que alia todas as vertentes do SUP, para uso de uma franja bastante alargada de praticantes.

Outra novidade, é a introdução de duas séries de pranchas de surf: a Surf Series, na construção Space Tech (leve e ultra-resistente) e a Darkhorse, uma fusão de grandes shapes com uma tecnologia revolucionária.

Para mais informações sobre os modelos, preços e entregas, contacte-nos: 917368428

Consulte o catálogo da SIC para 2019 em http://bit.ly/CatalogoSICMaui2019

Publicado em

SIC MAUI vence Prémios Supconnect!

SIC MAUI vence Prémios Supconnect para Marca do Ano e Melhor Prancha de Race do Ano!
Para além disso, as team riders Seychelle e Jade Howson ficaram em segundo lugar nas categorias Mulher do Ano e Jovem do Ano, respectivamente.
Os SUPconnect Awards são os mais importantes prémios anuais de SUP, tendo a SIC no seu historial conquistado já por diversas vezes este prémios nas suas mais variadas categorias.

Publicado em

Black Project SUP disponível em Portugal na SUP Norte

A mítica marca havaiana Black Project, criadora de fins e pagaias de excelência, chega a Portugal pelas mãos da SUP Norte Shop & School.

Criada em 2013, a SUP Norte é já a distribuidora oficial em Portugal de marcas de topo como a SIC Maui e a Infinity SUP, entre outras.

Fundada e localizada em Maui, no Hawaii desde 2010, na zona onde o Stand Up Paddle nasceu, na Black Project a obsessão foi sempre com a performance. Num mundo competitivo onde meros segundos separam os vencedores dos vencidos, a Black Project trabalha incansavelmente para dar aos atletas essa vantagem.

Ao trabalhar com muitos dos melhores atletas do mundo, como Connor Baxter, Mo Freitas, Leco Salazar, Zane Schweitzer, Bernd Roediger, Martin Vitry, Leonard Nika, Sonni Hoinscheid, Fiona Wylde e muitos outros, a Black Project desenvolveu e testou os melhores fins e pagaias para SUP para os ajudar a atingir os seus objectivos.

“Temos sorte em viver, trabalhar e andar nas condições aquáticas ideais para produzir os melhores equipamentos. Através do nosso design de excepção e do uso materiais premium conseguimos transpor para cada fin ou pagaia um pouco da magia de Maui. O nosso objectivo é que as pessoas consigam desfrutar da água tanto quanto nós” –  Crhis Freeman, fundador da Black Project.